Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sábado, 28 de junho de 2014

Brasil não perde para o Chile há 14 anos. Estatística desfavorável aumenta desejo de vingança dos rivais

Rivaldo disputa bola no Estádio Nacional, em Santiago do Chile, pelas eliminatórias da Copa, em 2000: última derrota do Brasil contra a seleção chilena - Cezar Loureira/15-08-2000

Por 
TERESÓPOLIS — Num estádio conhecido pelo feijão tropeiro servido em seus bares, basta os donos da casa repetirem a receita habitual para conservar a freguesia. Marcado para a hora do almoço, às 13h deste sábado no Mineirão, o confronto que abre as oitavas de final alimenta uma longa escrita. Desde a última vitória do Chile, por 3 a 0, em Santiago, pelas Eliminatórias, em 2000, o Brasil acumula invencibilidade de 12 jogos diante do rival, com dez vitórias, 36 gols a favor e sete contra.
Como estatísticas só servem para explicar o passado e para aumentar o apetite de vingança, espera-se que o Chile dispute a vaga como quem briga por um prato de comida.


ARMAÇÃO NO MARACANÃ
Valentes pela goleada por 4 a 0 que eliminou o Brasil da Copa América de 1987, os chilenos acreditavam mais do que nunca no grito, comum à toda América espanhola, de que "sim, se pode" vencer o time mais forte. Antes de a bola rolar em Santiago para confronto das Eliminatórias para a Copa de 1990, Romário se atracou com o zagueiro Ormeño e levantou a blusa para mostrar a marca da dentada que levara no peito. As duas expulsões antes de o jogo começar anunciavam um confronto sem fim.
Read more: http://oglobo.globo.com/esportes/copa-2014/brasil-nao-perde-para-chile-ha-14-anos-13036312#ixzz35vqptclw
Postar um comentário