Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







quinta-feira, 10 de julho de 2014

ADDP Cabo Frio é bicampeã carioca de futsal. No tempo normal, time esbarra na “muralha” Caio Lus e perde por 2 a 0 para o Vasco. Na prorrogação, Arthur e Bruno Ciro fizeram os gols que deram o título

Exibindo addp bicampeã - poster com trofeu - foto de horácio cf zone.jpg
Foi difícil, mas a ADDP Cabo Frio conseguiu o seu objetivo: em um jogo que empolgou o ótimo público presente ao ginásio Alfredo Barreto, o time cabofriense ficou com o bicampeonato carioca adulto de futsal, depois de 50 minutos de bola rolando contra o brioso time do Vasco da Gama.



No tempo normal, o Vasco conseguiu quebrar a invencibilidade de 25 jogos da ADDP Cabo Frio, vencendo por 2 a 0. Porém, o grande destaque da partida foi o goleiro cruzmaltino Caio, que fez, pelo menos 15 defesas difíceis.

A tônica do jogo foi uma só: a ADDP atacando, com mais posse de bola, e o Vasco apostando na marcação recuada, com intensidade, e nos contra-ataques. Quando os jogadores da ADDP Cabo Frio conseguiam quebrar a marcação, as finalizações paravam nas mãos do goleiro Caio.

O primeiro gol do Vasco saiu no último lance do primeiro tempo. Depois de um passe do goleiro André que foi interceptado pela defesa vascaína, Lucas Rabiola bateu com categoria por cobertura, do meio da quadra, fazendo 1 a 0.

No segundo tempo, a ADDP Cabo Frio tentou de todas as formas o gol do empate que daria o título. Porém, Caio foi se agigantando ainda mais debaixo das traves cruzmaltinas, com uma atuação de gala. Os demais jogadores do Vasco, contagiados pelas defesas do companheiro, dificultaram as ações do time da casa, com muita entrega e disposição na marcação, e arriscando alguns contra-ataques.

Nos últimos cinco minutos, o técnico Cupim tentou a estratégia do goleiro-linha com o ala Wellington. Mas nem assim a ADDP Cabo Frio conseguiu o empate. Para coroar a atuação, Caio fez o segundo gol do Vasco: depois de uma defesa, o goleiro repôs com perfeição a bola contra o gol vazio do time da casa, faltando três minutos para o final de jogo. A ADDP Cabo Frio ainda tentou o empate, mas o jogo acabou indo mesmo para a prorrogação.

No tempo extra, gols e festa
Nos dez minutos do tempo extra, a ADDP Cabo Frio jogava por um empate para ficar com o título. O Vasco tinha que sair para atacar e fazer o gol salvador. A primeira etapa foi de posse de bola de um time com o outro marcando, e evitando as faltas. A ADDP Cabo Frio com cuidados redobrados, já que estava com limite de faltas coletivas estourado.

No segundo tempo da prorrogação, os papeis se inverteram: foi a vez do Vasco utilizar o goleiro linha, com Gabriel Miraglia indo para o ataque fazer o papel de quinto jogador. A ADDP Cabo Frio, marcando, tentava um gol de contra-ataque. E conseguiu faltando 1’21 para o final. O goleiro André repôs com perfeição um lançamento e a bola chegou para Arthur, que dominou a bola já desviando do goleiro Caio. O Vasco continuou no ataque, e depois de um passe interceptado na defesa, Bruno Ciro bateu de longe para o gol vazio, fazendo 2 a 0 para a ADDP Cabo Frio, a 45 segundos do fim do jogo, garantindo o bicampeonato.

Depois do apito final da arbitragem, jogadores e comissão técnica comemoraram muito o bicampeonato, ressaltando a atuação do Vasco nos dois jogos da final, que valorizaram muito a conquista.

– O time deles jogou bem, o goleiro deles teve uma atuação fantástica, o que só vem valorizar a nossa conquista. Nosso time tem isso de bom: é experiente. Perdemos no tempo normal, mas ninguém abaixou a cabeça. Voltamos pra prorrogação e ganhamos o jogo, e ficamos com o título. Agora é comemorar um pouquinho, porque terça já tem jogo pela Liga Futsal – analisou o fixo Regufe, capitão da equipe.

A ADDP Cabo Frio jogou e venceu com André, Wellington, Fabrício, Arthur, Bruno Ciro, Regufe, Igor, Lucas Tardelli, Rodriguinho, Vinícius e Alfredo. Não entraram em quadra o goleiro Marquinhos, Thiago e David. Na comissão técnica, além do técnico Cupim, participaram Bruno Rodrigues (preparador físico), João Vitor Gonçalves (fisioterapeuta), Flávio Rebel (coordenador), Gustavo Paixão (supervisor).

A CAMPANHA
1ª fase
ADDP Cabo Frio 10 x 0 Grajaú Country
ADDP Cabo Frio 2 x 1 Vasco da Gama
Mendes O x W ADDP Cabo Frio
Magnólia 1 x 3 ADDP Cabo Frio

Semifinais
Grajaú Country 0 x 8 ADDP Cabo Frio
ADDP Cabo Frio W x O Grajaú Country

Finais
Vasco da Gama 1 x 2 ADDP Cabo Frio
ADDP Cabo Frio 0 x 2 Vasco da Gama (na prorrogação: ADDP Cabo Frio 2 x 0 Vasco da Gama)

Texto: Assessoria de Imprensa da ADDP Cabo Frio
Fotos: Horacio CF Zone
Postar um comentário