Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







terça-feira, 29 de julho de 2014

Portal oferece recompensa de R$ 1 mil por Tangará. Suspeito de chefiar tráfico de drogas em Cabo Frio é acusado de diversos assassinatos no Tangará.

O DIA
Rio - O Portal dos Procurados lançou, ontem (28), cartaz com recompensa de R$ 1 mil reais, por informações que levem a prisão de Bruno Ramos Lopes, o Bruninho do Tangará, chefe do tráfico de drogas da comunidade de Tangará, em Cabo Frio, na Região dos Lagos. Bruninho seria da facção Terceiro Comando Puro e é acusado de vários assassinatos naquela região.
Segundo informações da polícia, o homem seria o autor do homicídio de Ana Paula Cristina de Souza, cometido no dia 03 de julho de 2011, e de Ronaldo Teixeira Rodrigues, morto no dia 23 de janeiro de 2011. Contra ele também existe uma tentativa de homicídio contra Alessandro de Souza Alves no dia 20 de dezembro de 2010.
Portal oferece recompensa de R$ 1 mil por Tangará
Foto:  Divulgação
Em janeiro de 2012, o 25º BPM chegou a prender o traficante no bairro do Tangará.  Em abril de 2014, Bruninho foi novamente localizado no bairro do Tangará. A PM conseguiu achá-lo por volta das 10h. Sem flagrante. Levado para a 126ª DP (Cabo Frio) ele foi ouvido e liberado. Em depoimento, ele admitiu que se livrou das provas que o incriminassem porque foi avisado da chegada da polícia. 
Dia 23 de julho, mais uma vez, foi realizada uma operação conjunta entre o 25º BPM e a 126ª DP de Cabo Frio. A polícia consegui chegar até a casa de sua mãe, e no momento da chegada dos policiais, segundo informações, a mãe de Bruninho estava falando ao telefone com ele. A polícia acreditava que o procurado estaria escondido nas proximidades, mas ele não foi encontrado.



Contra ele constam cinco mandados de prisão por homicído, associação para o tráfico e homicídio qualificado. Constam ainda seis anotações e quatro ocorrências policiais por: tráfico de drogas; posse ilegal de arma de fogo de uso restrito; homicídio qualificado e associação para o tráfico de drogas e duas anotações de ameaça.
Todas as informações recebidas no banco de dados do Disque-Denúncia estão sendo enviadas para a 126ª DP e para o 25º BPM – Cabo Frio e que estão encarregados da investigação.
Quem tiver alguma informação a respeito da localização de Bruno Ramos Lopes, pode enviar mensagens de texto, fotos ou vídeos para o Whatsapp do Portal dos Procurados (21) 96802-1650, ou também pode ligar para o Disque-Denúncia (21) – 2253-1177. Em ambos o anonimato é garantido. 
Postar um comentário