Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







quinta-feira, 24 de julho de 2014

Suspeitos por sequestrar italiana, no RJ, são reconhecidos por empresário. Empresário foi vítima de um outro sequestro em São Pedro da Aldeia. Seis suspeitos foram presos após sequestro de italiana; entenda o caso

Heitor Moreira
Do G1 Região dos Lagos
sequestradores (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)Suspeitos de sequestrar italiana podem ser autores
de outro sequestro (Foto: Divulgação/ Polícia Civil)
Policias da 125ª Delegacia Policial, em São Pedro da Aldeia, Região dos Lagos do Rio de Janeiro, cumpriram mandado de prisão preventiva em desfavor dos suspeitos Rodrigo  Rodrigues da Silva, Álvaro de Jesus Batista e Ronald C P Jesus Torres, que já estão presos no Complexo Penitenciário de Bangu, em São Pedro da Aldeia. Os criminosos foram presos nos meses de maio e março, deste ano, por suspeita de participação no sequestro de uma adolescente italiana, de 15 anos, que aconteceu no início do ano.
De acordo com o delegado responsável pela investigação, Dr. Carlos Abreu, os três são suspeitos de serem responsáveis por outro sequestro. Eles foram reconhecidos por um empresário de São Pedro da Aldeia, que foi sequestrado junto com a esposa no início de fevereiro deste ano.


''Logo após as prisões de toda quadrilha, por causa do sequestro da italiana, investigamos que esses três criminosos também seriam autores desse outro sequestro com o empresário. A vítima foi chamada para reconhecê-los e afirmou que Rodrigo  Rodrigues da Silva, Álvaro de Jesus Batista e Ronald C. P. Jesus Torres, foram os responsáveis pelo sequestro do casal. No momento do reconhecimento, o empresário chegou a reconhecer Osmar Elias Barbosa, que foi morto durante operação de resgate da italiana sequestrada'', disse o delegado.
Sequestro do empresário em São Pedro da Aldeia
O sequestro do empresário aconteceu em São Pedro da Aldeia, em fevereiro. A vítima estava chegando em casa com a esposa quando foi abordada por quatro homens. Eles fizeram a mulher refém em uma casa, também localizada na cidade de São Pedro, e exigiram que o empresário fosse buscar dinheiro para que a esposa fosse libertada. O delegado Carlos Abreu preferiu não divulgar detalhes sobre o caso, como o local do cativeiro em São Pedro da Aldeia e o total do valor em dinheiro, exigido pelos sequestradores. Após o pagamento, a mulher foi libertada e o empresário fez uma ocorrência sobre o sequestro, na delegacia da cidade.
Polícia liberta adolescente italiana sequestrada no RJ (Foto: Reprodução GloboNews)Italiana adolesente foi sequestrada em Arraial do
Cabo, RJ (Foto: Reprodução/Tv Globo)
Mesmos sequestradores da italiana
O sequestro da menina de 15 anos aconteceu na noite do dia 15 de março. Os criminosos abordaram o pai da adolescente, Ettore Casteluzzo, e a vítima, na garagem de casa quando estavam chegando de carro, em Arraial do Cabo, também na Região dos Lagos do Rio de Janeiro. Os suspeitos levaram a menina e liberaram o pai para que pudesse buscar dinheiro. Procedimento parecido com o sequestro do empresário de São Pedro da Aldeia.
De acordo com a Polícia Civil, a adolescente ficou quatro dias presa por correntes no porão de uma casa de classe média, no bairro Jardim Peró, em Cabo Frio. Os sequestradores pediram R$ 720 mil pelo resgate, quantia que não chegou a ser paga.
A polícia descobriu onde ficava o cativeiro e preparou uma operação para fazer o resgate. Quando os policiais chegaram, os bandidos reagiram, de acordo com os agentes que participaram da operação.
Os suspeitos mortos foram identificados como Edson de Souza, de 60 anos, que tinha sete passagens pela polícia, cinco delas por sequestro; e Osmar Elias Barbosa, de 49 anos, que tinha dez passagens, sendo cinco também por sequestro. O outro suspeito, Rodrigo Rodrigues da Silva, de 29 anos, conseguiu escapar.
Prisão da quadrilha
Os último três suspeitos de envolvimento no sequestro da adolescente italiana, foram presos no dia 16 de maio deste ano. De acordo com a Polícia Civil, Álvaro de Jesus Batista, Peterson da Silva Inácio Rosa e Ronald Carlos Pereira de Jesus Torres, foram encontrados em cidades da Região dos Lagos. Já Rodrigo Rodrigues da Silva, Amarildo dos Santos Costa e Wallace Martins Ferreira, foram presos em março, logo depois da operação para resgatar a italiana. Todos estão no Complexo Penitenciário de Bangu, no Rio. Contando com Edson de Souza e Osmar Elias Barbosa, que morreram durante a ação da polícia, a quadrilha era formada por oito pessoas.
Com mandado, presos ficarão na cadeia por mais tempo
Com o cumprimento do mandado de prisão preventiva, os três envolvidos no sequestro do empresário de São Pedro da Aldeia podem ficar presos por mais tempo, de acordo com o delegado Carlos Abreu. A pena mínima para cada um pode chegar a 12 anos de prisão. A Polícia Civil continua investigando o caso, para saber se a quadrilha é responsável por outros sequestros no interior do Rio de Janeiro.
Seis estão presos; Edson de Souza e Osmar Elias morreram na ação da polícia (Foto: Divulgação Polícia Civil)Quadrilha pode ser responsável por outros sequestros no interior do RJ (Foto: Divulgação Polícia Civil)
Postar um comentário