Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







quarta-feira, 20 de agosto de 2014

Arrecadação com royalties registra queda em Cabo Frio e prefeito faz ajuste no orçamento. Alair Corrêa garante manutenção de projetos sociais


Arrecadação com royalties registra queda em Cabo Frio e prefeito faz ajuste no orçamento

Texto e foto: Rodrigo Branco - Folha dos Lagos
Durante discurso na inauguração do Centro de Referência de Assistência Social (Cras) Grazielle Azevedo Marques, no Jardim São Francisco, na tarde de segunda-feira (18), o prefeito Alair Corrêa garantiu que nem mesmo a queda de R$ 7,5 milhões no valor da última cota trimestral de royalties recebida da Petrobras, no início do mês, prejudicará os programas sociais do governo e os preparativos para os festejos de 400 anos de fundação de Cabo Frio, no ano que vem.
Durante a cerimônia, que reuniu dezenas de pessoas, entre funcionários e assessores, o prefeito afirmou que ‘estava tranquilo e que não ficaria se lamentando’ pela situação. Durante sua fala, que durou pouco mais de dez minutos, ele afirmou ainda que as contas públicas municipais estão em ordem e que o município está preparado para dar ‘o grande boom’.
– Organizamos a casa e hoje estamos colhendo os frutos. As finanças hoje estão sanadas. Tenho agora, por hábito, não ficar reclamando das coisas. Tanto que mesmo perdendo mais de R$7 milhões da Petrobras, não vou ficar me lamentando – afirmou.


Mesmo com as perdas, Alair disse que investe nas áreas de saúde e educação percentuais acima dos estabelecidos por lei – 15% para Saúde e 25% para a Educação. Sem falar em prazos, ele também aproveitou a oportunidade para anunciar obras no Guarani, que incluirão a revitalização do bairro, a reprodução do Centro Antigo de Cabo Frio e da Praça Porto Rocha e a criação do Centro Administrativo, que futuramente reunirá todas as secretarias do Governo em um único prédio.
Mesmo relativizando a perda de parte dos royalties, o prefeito disse que precisou fazer ajustes nas folhas de pagamento, sem especificar quais, a fim de manter os investimentos.
– A folha estava muito alta. Depois que fizemos um ajuste, passamos a ter sobra para o investimento no social, na Educação. Estamos não apenas cumprindo a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), como temos recursos para fazer mais obras em Tamoios e no Jardim Esperança e para o Projeto ‘Setorização da Dignidade’, no Manoel Corrêa, para que até o final do meu governo nenhuma família more em casa sem banheiro – concluiu ele.
Quedas sucessivas – De acordo com o Secretário Municipal de Estatística, Alex Garcia, este ano, Cabo Frio vem sofrendo com as bruscas e sucessivas quedas na arrecadação dos royalties tanto nas parcelas mensais como trimestrais a quem tem direito.
Neste último caso, o valor da cota caiu de R$37,2 milhões em fevereiro para pouco mais de R$ 30 milhões, em agosto. Uma queda de quase 20% na receita municipal. A justificativa, segundo a Petrobras, é queda na produção de barris. No entanto, com relação aos valores mensais, após meses sucessivos de perdas, foram depositados na conta do município, no último dia 5, R$ 16.612.561,31. Com os descontos, o município já perdeu mais de R$ 7 milhões, somente em 2014.
Postar um comentário