Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Cabo Frio realiza evento que marca o Dia Nacional de Luta da População em situação de Rua


Exibindo 15.08 - Dia de Luta da População em Situação de Rua.jpg

Programação conta com ações de conscientização e apresentações culturais

A Prefeitura de Cabo Frio realiza nesta terça-feira (19/8) um evento que irá marcar o Dia Nacional de Luta da População em Situação de Rua. A mobilização é uma iniciativa da Secretaria Municipal de Assistência Social, por meio Centro de Atendimento ao Morador em Situação de Rua (CAMOR), e acontecerá no Largo Santo Antônio, no Centro de Cabo Frio, das 10h às 15h.

A programação terá início às 10 horas com a apresentação da Orquestra do CRAS Jardim Esperança, que será acompanhada pela apresentação do balé do CRAS Jardim Náutilus. Às 10h30, será a vez da oficina de balé do CRAS Jardim Esperança, que será seguida pela equipe do jazz do mesmo CRAS. Já às 11h30 haverá a participação do grupo de capoeira do CRAS Jardim Náutilus.



O evento contará também com a apresentação, às 12h, do Grupo Cultural do Colégio Estadual Miguel Couto, com o animador Marcos Rogério. Às 14h, terá a dança de salão com os bailarinos Gabriel e Suzanne Rosa, do Centro de Atenção Psicossocial Álcool e Drogas (CAPS AD).

Além da programação cultural, os profissionais do CAMOR e do Centro de Referência de Assistência Social (CREAS) farão uma panfletagem, distribuindo material informativo, com informações sobre os serviços oferecidos por esses dois equipamentos da Secretaria Municipal de Assistência Social.

Haverá ainda uma tenda da beleza, que oferecerá cortes de cabelos; e também uma tenda onde profissionais da saúde realizarão serviços como aferição da pressão arterial e glicose, e ainda, informações sobre doenças sexualmente transmissíveis.

Sobre o CAMOR
O CAMOR – Centro de Atendimento a Moradores de Rua é uma casa de passagem que atende pessoas adultas de ambos os sexos, que vivem em situação de rua em Cabo Frio. O usuário é atendido por psicólogo e assistente social que tentam contato com familiares e, consequentemente, o retorno dessa pessoa à família. No caso de morador de outra cidade, a SEMAS viabiliza a passagem de retorno.  Segundo dados do CAMOR, 90% dos casos são de pessoas de outras cidades.

De acordo com o regimento do centro, moradores de outras cidades podem permanecer no CAMOR por até 72 horas. Já os moradores de Cabo Frio, no máximo, três meses. Alguns casos específicos podem ter o prazo estendido, dependendo da situação.

O CAMOR oferece uniforme, material de higiene, quatro refeições diárias, atendimento psicossocial, atualização de documentação e encaminhamento para mercado de trabalho através do SINE.  Após empregado, o usuário continua sendo acompanhado por um assistente social até que esteja totalmente emancipado. 

O CAMOR fica localizado à Rua Vitória, quadra 20 – lote 13, Palmeiras. O Disque CAMOR é: (22) 2645-6837.

Texto: Glória Passos | Assessoria de Imprensa da Secretaria Municipal de Assistência Social
Postar um comentário