Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







sexta-feira, 19 de setembro de 2014

Festival Internacional de Dança de Cabo Frio premia bailarinos de diversas origens. Sucesso absoluto de público, evento supera as expectativas, promove a cidade e difunde e valoriza a dança e a cultura em Cabo Frio

Exibindo Image12750.jpg
Texto: Telma Flora
Fotos: Raphoto

Entre os dias 2 e 7 de setembro, Cabo Frio se tornou a capital da dança no Brasil, com a realização do X Festival Internacional de Dança, no Complexo Esportivo Alfredo Barreto, no Portinho. Com total apoio da Prefeitura de Cabo Frio, por meio da Secretaria Municipal de Turismo e da COMSERCAF, o evento organizado pelo Ballet Márcia Sampaio atraiu pessoas de diversas cidades do Brasil e do exterior
Em seis dias de evento com entrada franca, um público estimado em 2 mil pessoas por noite assistiram 1536 bailarinos que apresentaram coreografias nos gêneros Ballet clássico, dança contemporânea, jazz, estilo livre, danças populares, dança de salão e danças urbanas.
Foram 41 horas de espetáculos, com a participação de mais de 150 grupos, escolas e companhias de dança de 9 estados brasileiros (Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Ceará, Goiás, Pará e Rio Grande do Norte) e representantes de 5 países (Brasil, Argentina, Paraguai, Rússia e Estados Unidos). Mais de 100 profissionais estiveram envolvidos na produção, trabalhando nos bastidores, realizado no ginásio especialmente adaptado para a realização do evento.


O Festival proporcionou apresentações de escolas, grupos e academias de dança de forma competitiva dentro de modalidades e categorias diversas. Nesta edição do evento foram realizados cursos de dança e premiações especiais a fim de estimular o conhecimento técnico dos participantes, entre outras ações.
A integração entre as ações de diversos setores da Prefeitura de Cabo Frio esteve presente mais uma vez no festival. Todas as escolas de dança inscritas no festival receberam um kit com as informações do evento dentro de uma “ecobag” produzida pelo Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do município, desenvolvidos pela secretaria municipal de Assistência Social, utilizando como matéria-prima as lonas dos banners publicitários das últimas edições. 
No primeiro dia do evento, a organização do festival em parceria com as secretarias de Educação, de Assistência Social e de Esportes e Lazer, realizou o Projeto Escola, proporcionando a estudantes e educadores um espetáculo especialmente elaborado com fins educativos e culturais. Este projeto já se firmou como uma referência dentro do festival, inclusive, apresentando coreografias elaboradas por escolas públicas e projetos sociais do município. 
 Outra importante participação do município aconteceu na solenidade de abertura. 80 crianças do projeto social “Uma música em minha vida” abrilhantaram o evento com a execução do Hino Nacional Brasileiro e do Hino de Cabo Frio, com a participação da cantora Patrícia Rodrigues, sob a batuta do maestro Valquer Barbosa de Oliveira, idealizador e fundador do projeto.
Como todos os anos o festival homenageia um nome da Dança e neste ano a grande homenageada foi D. Toshie Kobayashi, figura com uma trajetória de grande importância no cenário nacional e internacional, conhecida pelo seu empenho e enriquecimento do movimento da arte da Dança em nosso país, contribuindo no aperfeiçoamento técnico de inúmeros bailarinos, muitos dos quais brilham como profissionais mundo afora.
Além dos grupos competidores, o festival contou com apresentações da Associação dos Profissionais de Dança de Cabo Frio – Prodança, composta pelos diversos grupos e instituições do município no palco externo, onde o público assistiu várias coreografias e recebeu convidados especiais como a Anacã Cia. de Dança (SP), Vivian Navega Dias do Balé da cidade de São Paulo, bailarinos do Teatro Municipal do Rio de Janeiro: Cecília Kerche (1ª bailarina), Moacir Emanoel, Flávia Carlos e Alef Albert (Solistas), Ballet Marcia Sampaio, Gustavo Carvalho e Yasmin Lomondo da Cia. Brasileira de Ballet, Beatriz Póvoas e Lucas Leite da Cia. de Dança SESI Minas (MG), Thaiza Andrade e Bruno Verçosa da Cia. de Dança Campos dos Goytacazes (RJ) Frank Ejara (SP), Marcelo Chocolate e Taís Benites (RJ), Marcelo Bernadaz e Verónica Gardella dançarinos de tango de Buenos Aires (Ar).
Os cursos foram ministrados por D. Toshie Kobayashi e Cecília Kerche (ballet clássico), Edy Wilson (jazz), Alex Neoral (dança contemporânea) e os aulões gratuitos para os competidores ministrados por Frank Ejara (danças urbanas) e Marcelo Chocolate (dança de salão).
O Corpo de jurados, distribuído por gênero, foi composto por Ady Addor (SP), Alex Neoral (RJ), Cecília Kerche (RJ), Daniel de Almeida (RS), Edy Wilson (SP), Fernando Bicudo (RJ), Frank Ejara (SP), Guiomar Boaventura (MG), João Wlamir (RJ), Marcelo Chocolate (RJ), Marisa Piveta (SP), Regina Sauer (RJ), Tais Benite (RJ), Tânia Agra (RJ), Toshie Kobayachi (SP), Vladimir Rybyakov (Rússia)
O festival premiou com troféu, medalhas e também com premiações especiais em dinheiro, vagas e passagens aéreas para a seletiva do YAGP (Youth America Grand Prix):
Durante o evento aconteceu a Feira da Dança com exposições e vendas de variados artigos, disponibilizados pelas principais marcas do mercado da dança. 
O artesanato também esteve presente no festival com exposição e vendas de barracas da Casa Artesanal, do CRAS.

Confira a premiação

·         MELHOR BAILARINA (Troféu Toshie Kobayashi)
Gabriela Cidade
Lyceu Escola de Dança - Rio de Janeiro/RJ
·         MELHOR BAILARINO (Troféu Toshie Kobayashi)
Vinicius Silva
Balé do Teatro Escola Basileu França - Goiânia/Go

·         BAILARINA REVELAÇÃO
Cielo Ibarrola
Academia Macarena Vinader - Asuncion/Py

·         VAGA e PASSAGENS AÉREAS PARA A SELETIVA YAGP/BRASIL:
Davi Ramos
Lyceu Escola de Dança- Rio de Janeiro/RJ

·         MELHOR CONJUNTO DE JAZZ
Grupo Talentos- Uberlândia/MG

·         MELHOR CONJUNTO DE DANÇAS POPULARES
Studio de Dança Flávio Fernandes- Marabá/Pa

·         MELHOR CONJUNTO DE ESTILO LIVRE
Balletarrj- Rio de Janeiro/RJ

·         MELHOR CONJUNTO DE CLÁSSICO
Bale do Teatro Escola Basileu França - Goiânia/Go

·         MELHOR CONJUNTO DE DANÇA DE SALÃO
Cia. Anonymus- Rio das Ostras/RJ

·         MELHOR CONJUNTO DE DANÇA DE RUA
Lyceu Escolas de Dança- Rio de Janeiro/RJ

·         TROFÉU DESTAQUE PARA A CIDADE DE CABO FRIO:
Cia. de Dança Rosa Demarchi


Rede hoteleira se envolve e colhe resultados
De olho no grande número de visitantes que Cabo Frio recebeu durantes os seis dias do evento, os hoteleiros da cidade montaram pacotes especiais e ofereceram ao público do festival.
- 22 estabelecimentos hoteleiros fizeram pacotes especiais e receberam bailarinos durante o festival de dança, tendo média de ocupação geral de 74%. Destes, 6 estabelecimentos ficaram com 80%, 1 estabelecimento com 90% e 7 estabelecimentos com 100%, informou a turismóloga da secretaria de Turismo de Cabo Frio, Luane Ferreira destacando que “entre bailarinos, professores e parentes, o evento gerou um fluxo de mais de 1.800 pessoas na cidade e  mais de R$ 800.000,00 de divisas para o município”.
Postar um comentário