Frase do dia

“O amor é tudo”
(Jesus Cristo)







segunda-feira, 1 de junho de 2015

Exposição retrata o amor de moradores por Barra de São João


 Exibindo DSC_4801.jpg


Exibindo DSC_4759.jpg

No dia 5 de junho é comemorado o Dia Mundial do Meio Ambiente. Não por acaso essa data foi escolhida para a abertura da exposição fotográfica Atitudes Sustentáveis, do fotógrafo Jefferson Antunes, no Museu Casa de Casimiro, em Barra de São João. A mostra trará fotos de moradores conhecidos e anônimos do principal distrito de Casimiro de Abreu, com cartazes que pedem cuidado e amor pelo patrimônio natural e histórico da localidade.

A exposição marca também a fundação da Associação Doce Sal - Atitudes Sustentáveis, formada por pessoas que amam Barra de São João e que buscam, através de ações e projetos socioambientais, melhorar a qualidade de vida de quem vive no local.
Barra de São João é um pequeno e encantador lugarejo. Com casarios da época colonial, ainda preserva um ar bucólico e especial. De um lado é margeado pelo rio São João e seu manguezal. Do outro, um belíssimo litoral. No encontro do rio com o mar, está localizada a Igreja de São João Batista e o cemitério histórico onde descansa o poeta que deu nome a cidade, Casimiro de Abreu. No local é possível mergulhar na água doce do rio e salgada do mar, além de admirar um belíssimo por do sol emoldurado pelo Morro São João.


O Museu Casa de Casimiro de Abreu está localizado às margens do rio São João. Era uma das propriedades da família do poeta e servia para armazenar os produtos que eram escoados pelo porto de Barra de São João. O local ainda guarda as características da época, levando o visitante a fazer uma viagem no tempo e na história.

A inauguração da mostra será no dia 5, às 19 horas. As fotos ficarão em cartaz até o dia 28 de junho e a entrada é gratuita. O espaço fica na Rua Bernardo Gomes, s/nº, em frente à Praça As Primaveras, e funciona diariamente das 9h às 17h.

O ARTISTA – As belezas naturais e a tranquilidade de Barra de São João conquistaram o fotógrafo carioca Jefferson Antunes, de 26 anos. Morador do distrito desde os 10 anos, ele tem um carinho especial pela Beira Rio. O fotógrafo é membro da Doce Sal, onde usa a sua arte para promover o desenvolvimento da localidade.

Jefferson Antunes realiza seu trabalho sempre priorizando o belo e a perfeição única de cada instante que seu olhar recorta.

DOCE SAL - ATITUDES SUSTENTÁVEIS - De um projeto voluntário e informal - Aprendiz do Mestre - nasceu a proposta da Associação. Afinal, para fazer mais era preciso formalizar as propostas e os profissionais. Formada por uma equipe multidisciplinar, o objetivo da Doce Sal é promover a conscientização de moradores e visitantes com foco na sustentabilidade.

-- 
Postar um comentário