Praia do Peró na reta final do Programa Bandeira Azul

Foto: Ernesto Galiotto


Cabo Frio está na reta final para conquistar a certificação internacional do programa Bandeira Azul para a Praia do Peró. Em maio os coordenadores do Comitê Gestor do programa e a Coordenadoria de Meio Ambiente enviarão ao júri nacional toda a documentação com as ações desenvolvidas durante a fase piloto. Após avaliação, o júri nacional enviará os documentos ao júri internacional.  A resposta do aceite ou não da homologação será divulgada entre o fim de julho e início de agosto deste ano.


Com a certificação, a Praia do Peró entra para a lista dos balneários ambientalmente corretos do mundo, e garante aos turistas a qualidade do destino que serve como referencial para a definição de roteiros. Após a aprovação dos documentos o passo seguinte é hastear a bandeira, com previsão para dezembro de 2018, início da alta temporada, com a presença de representantes do programa do Brasil e do exterior.

O coordenador do Programa Bandeira Azul em Cabo Frio, Carlos Magno Maiques, destaca algumas das ações que foram fundamentais para o andamento de todo o processo. “Começamos a realizar as ações de conscientização ambiental junto aos alunos da rede municipal do Peró. Também realizamos o projeto Escola do Mar, que levou várias atividades a moradores, comerciantes e frequentadores da orla, como cercamento das áreas cobertas por Ipomeias, que é uma vegetação nativa que contribui para a fixação das dunas e para a manutenção da fauna natural. Foram feitas reuniões com os donos de quiosques para ordenamento da orla, e agora estamos acompanhando a elaboração do Plano de Mobilidade Urbana, entre outras ações”.

O selo de Bandeira Azul é conferido pela Fundação para a Educação Ambiental (FEE, na sigla em inglês) às melhores praias urbanas e marinas do mundo, e conta hoje com apoio de diversas instituições internacionais. No Brasil é operado pelo Instituto Ambientes em Rede, com sede em Florianópolis/SC.
0