Praia do Peró terá ação ambiental no fim de semana

Ação no Peró ensina práticas de consumo consciente nas praias
Como consumir conscientemente? Durante três dias no próximo fim de semana, das 10 às 17 horas, educadores ambientais do Projeto Albatroz, com apoio do programa Bandeira Azul, estarão na Praia do Peró, em Cabo Frio, mostrando aos banhistas, com simulações, a diferença entre uma praia limpa e uma praia degradada com diversos tipos de lixo descartados na areia, como sacolas, garrafas plásticas, copos, canudos, etc. A Praia do Peró é a única do interior fluminense a ter a Bandeira Azul – certificado internacional de qualidade de praias e marinas.
Patrocinado pela Petrobras, o Projeto Albatroz tornou-se um parceiro do Programa Bandeira Azul e a ação do próximo fim de semana, que leva o nome de “Consuma São”, faz parte desta cooperação com foco na preservação de praias limpas. A ideia é que os participantes tenham uma reflexão mais profunda sobre a cultura, o consumo e seus impactos nos ambientes costeiros e marinhos. Para participar, basta estar na Praia do Peró nos dias 11, 12 e 13 das 10 às 17 horas.

Os animais são os mais ameaçados pela poluição. O lixo plástico descartado nos oceanos é, atualmente, uma das principais ameaças à sobrevivência de albatrozes, tartarugas e outros animais que vivem no mar. A coordenadora de educação ambiental do Projeto Albatroz, Cynthia Ranieri, explica que isso acontece porque os animais se alimentam do plástico ao confundirem os objetos com seu alimento e também por ficarem presos em lacres, redes e outros itens descartados no mar.

-- Nossa proposta é estabelecer um diálogo e informar os visitantes sobre essa problemática que é tão atual, porque o lixo que produzimos na praia acaba virando lixo marinho também – explica Cynthia.
Na ação do Peró, através da experiência com os resíduos, crianças, adultos e idosos poderão compartilhar suas percepções sobre o consumo, desperdício, limpeza das praias e como é possível contribuir para a conservação dos oceanos. No ano passado, a atividade aconteceu nos finais de semana de janeiro nas praias de Santos (SP), cidade onde está localizada a sede do projeto. 
 Integrante do movimento Amigos do Peró, Otávio Menezes disse que as crianças devem se o principal alvo da ação:
-- As crianças são os melhores educadores dos pais e adultos, sobretudo na conscientização ambiental. O programa Bandeira Azul trouxe muitos avanços para a conservação no Peró, mas o trabalho é constante e precisa abranger um público maior. Tomara que as escolas de Cabo Frio mobilizem seus estudantes para esta ação pioneira na cidade – exortou Menezes.

Presente no Brasil desde 2004, o Programa Bandeira Azul é uma certificação internacional de qualidade de gestão ambiental de praias marítimas, fluviais, lacustres e marinas. Ele foi criado pela Foundation for Environmental Education (FEE), uma instituição internacional com diversos integrantes representando seus respectivos países. No Brasil, o Operador Nacional do Programa é o Instituto Ambientes em Rede (IAR).
 
O Projeto é coordenado pelo Instituto Albatroz - Organização da Sociedade Civil de Interesse Público (OSCIP) que trabalha em parceria com o Poder Público, empresas pesqueiras e pescadores. Atualmente, o Projeto mantém bases nas cidades de Santos (SP), Itajaí e Florianópolis (SC), Itaipava (ES), Rio Grande (RS) e Cabo Frio (RJ).

Comentários