Vale a pena pagar IPVA em cota única


Motoristas devem aproveitar desconto de 3% na guia de pagamento do imposto
 Por *EDDA RIBEIRO
Proprietários de veículos podem, a partir desta sexta-feira, imprimir as guias do IPVA 2019. Segundo o calendário de vencimentos, quem quiser quitar o imposto com o desconto de 3%, em cota única, deve pagar entre 21 de janeiro e 1º de fevereiro, conforme o final da placa. Especialistas ouvidos pelo DIA revelam que a opção proporciona ganhos aos motoristas pelo percentual ser superior ao rendimento de quase um ano na poupança.

Em simulação, Gilberto Braga, da Fundação D. Cabral e da Ibmec, mostra a diferença: IPVA de R$ 1 mil, que pode ser pago em três parcelas de R$ 333,33, sai a R$970 com o abatimento de 3%.
Considerando que a 1ª parcela precisará ser paga na mesma data da parcela única, o valor a ser usado é a diferença aplicada, de R$666,67 (R$1 mil - R$ 333,33).
Braga defende que pagar com o desconto de 3% é bom negócio: "A poupança, por exemplo, rende menos de 5% ao ano. Para que aplicação de R$ 666,67 renda R$ 30 (valor do desconto para pagamento do IPVA na simulação) serão necessários 11 a 12 meses na poupança (rendimento de 0,3755% ao mês).
O mesmo pode ocorrer em caso de fundos de renda fixa, como LCI e CDB. Levaria de oito a nove meses para os mesmos R$ 30 de ganho, com rendimento líquido de 0,5262% ao mês. Assim, se o dono do veículo tiver dinheiro, vale a pena saldar de uma vez.
Outro exemplo de proveito é se o carro for movido a GNV, por conta do desconto que incide sobre a alíquota do imposto, de 75%. "Tendo por base IPVA de R$ 2 mil, aplica-se o desconto de 75%, reduzindo-se para R$ 500. O novo valor pode ser parcelado em três vezes, mas se pago a vista, sai a R$ 485.

Comentários