No Peró, Bandeira Azul é arriada para segunda etapa de obras


Símbolo internacional de qualidade de praias, a Bandeira Azul deixará de tremular no Peró dia 26, mas temporariamente. Como estava previsto no cronograma, a bandeira será arriada para que sejam concluídas as obras de revitalização da Orla da Praia do Peró, atendendo aos requisitos da coordenação nacional do projeto Bandeira Azul. Antes do arriamento da bandeira, o prefeito Adriano Moreno vai apresentar o projeto urbanístico da orla, que inclui a construção de novos quiosques e acessos à praia, que tem 7,2 kms de extensão livres de poluição.


A Bandeira Azul, que foi hasteada pela primeira vez no dia 25 de novembro do ano passado, ficou arriada preventivamente do último sábado até esta terça-feira (16) por causa do aparecimento de pequenas pelotas de óleo cru que vazaram de uma fissura do Campo de Marlim Leste, na Bacia de Campos. Os planos de contingência da Petrobras e de outras empresas que exploram o petróleo fracassaram e a limpeza da praia demorou a ser feita. A Bandeira Azul voltou a ser hasteada na manhã desta quarta-feira (17).
-  O Peró é um bairro fantástico e a segunda fase das obras da orla será feita neste ano para atender as exigências do projeto Bandeira Azul, que muito orgulha os cabofrienses – afirmou o secretário de Desenvolvimento de Cabo Frio, Felipe Araújo.

Ao longo do ano, a Praia do Peró será novamente avaliada para que a nova certificação seja apreciada, como de praxe, pelos júris Nacional e Internacional do projeto. Se as obras foram feitas como está planejado e o selo for renovado, a Bandeira Azul será hasteada novamente na primeira quinzena de novembro.
- As praias detentoras da Bandeira Azul no exterior estão aumentando a cada dia o número de visitantes e a média de ocupação dos meios de hospedagem, de gastronomia e todas as atividades empresarias, artesanais e sociais ligadas ao Turismo. O sentimento de pertencimento da sociedade civil destas localidades aumentou consideravelmente, trazendo de volta o orgulho dos cidadãos pelas suas cidades.  Aqui não é diferente, o Peró trouxe de volta o respeito pelo meio ambiente e o carinho das pessoas pela praia. Continuar uma certificação desta é como manter vivo o espaço natural preservado para as futuras gerações, melhor do que recebemos de nossos antecessores – disse o presidente da Federação dos Conventions Bureau do Estado do Rio, Marco Navega.

Comentários