Hospital da Mulher recebe mutirão de cirurgias pediátricas neste sábado



A Secretaria da Saúde de Cabo Frio aderiu ao 13º Mutirão Nacional de Cirurgia da Criança, realizado pela Associação Brasileira de Cirurgia Pediátrica e disponibilizou o Hospital da Mulher para a realização das intervenções. O mutirão acontece neste sábado (4), quando serão operadas 11 crianças, obedecendo a ordem da fila de espera para cada tipo de cirurgia.
Os procedimentos ambulatoriais – para retirada de cistos, cirurgias de hérnia, de fimose e de testículos fora de lugar e de casos mais simples de hipospadia (uma anomalia congênita, em que o orifício uretral masculino se apresenta em local incorreto) – são os mais frequentes nesses mutirões, por serem de curta duração e geralmente não requerer a internação do paciente. Após o procedimento, este permanece, em geral, apenas por algumas horas no hospital, em observação, e recebe alta no mesmo dia. Posteriormente retornará ao serviço para curativos e novas avaliações.

Em Cabo Frio, além dessas cirurgias, estão programadas três frenectomias, que é a remoção cirúrgica do freio lingual ou labial. Esse procedimento é realizado quando o freio causa retração gengival, dificuldades de higienização e problemas periodontais.
“Cabo Frio conta, hoje, com 40 crianças na fila de espera por esses tipos de cirurgias. Atualmente, a secretaria realiza seis cirurgias pediátricas a cada 15 dias, totalizando 12 intervenções mensais. O mutirão vai desafogar essa espera e permitir que avancemos ainda mais no atendimento cirúrgico às crianças. Todo o processo de marcação e agendamento das cirurgias que serão realizadas ocorreu no Posto de Saúde Oswaldo Cruz, no Braga que, inclusive já avisou às mães sobre a data do mutirão”, explicou o secretário municipal de Saúde, Marcio Mureb.

Com a iniciativa de participar desse mutirão, a prefeitura de Cabo Frio procura restabelecer a qualidade de vida dessas crianças em menor tempo e permitir que também as cirurgias de média e alta complexidade, que exigem internação, possam ser realizadas em prazos menores, pois a realização das cirurgias do mutirão ocuparão o centro cirúrgico do Hospital da Mulher apenas no dia 4 de maio, permitindo uma rotatividade maior.

Comentários