Novembro termina com mais um aumento no preço do gás de cozinha

Depois de reajuste, botijão do gás de cozinha pode custar até R$ 70
Quem achava que o ano iria terminar sem mais um aumento no preço do gás de cozinha, se enganou. A Petrobras, antes mesmo de completar três meses do último reajuste, anunciou para a última quarta-feira (27) novo valor do botijão GLP 13 kg.
Dessa vez, o percentual de 4,0 %, está baseado nos cálculos do Preço Médio Ponderante Fiscal (PMPF) que é resultado de uma pesquisa de mercado que identifica a diferença dos valores praticados no comércio e sobre ela aplicada a alíquota do Imposto sobre a Circulação de mercadorias e serviços (ICMS).
Na prática, isso significa dizer que o botijão de gás GLP de 13 kg, que atualmente está sendo comercializado entre R$ 70 e R$ 75 a vista, terá um aumento de aproximadamente R$ 3. O preço da unidade pode variar de um estabelecimento para outro, em virtude da livre concorrência.
O novo valor que havia sido anunciado oficialmente desde a última segunda-feira (24) para todo o Brasil, e passou a valer a partir de quarta-feira (27).
A Petrobras também decidiu alterar o preço do GLP industrial e comercial. Mas, nesses dois segmentos, o percentual foi de apenas 0,6%. Com a alteração, os preços dos dois produtos foram igualados.

Comentários